quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Hair

Minha avó cultivou meu cabelo como uma planta até meus dez anos de idade. Ela simplesmente não me deixava cortar. Aos dez anos, se eu penteasse a cabeleira para a frente da cabeça, ficava parecendo com o Primo Itt, uma vez que o comprimento das madeixas ultrapassava o do meu tronco. Eu detestava aquilo. Certo dia fugi de casa, disse que ia na padaria comprar sorvete e corri pro cabeleireiro. Aos dez anos eu era fã do Duran Duran e tinha quase todos os discos deles. E eu adorava o cabelo do John Taylor. 





Aliás, o primeiro sonho "erótico" do qual me recordo foi um no qual eu via o John Taylor e o Simon LeBon correndo pelo meu telhado. Por quê isso me fez acordar excitada é um mistério... Bem, escondi na janela um dos discos deles, "Notorious", e o apanhei pela parte de fora da casa, assim pude levar um exemplo do tipo de corte que eu queria: Igual ao do John Taylor.



O corte de cabelo ficou ridículo, quando cheguei em casa minha avó me olhou com cara de amargura eterna e, quando me perguntou o que eu tinha feito com o cabelo cortado (que a essas alturas estava sendo tratado com mesma reverência dada a um ente querido recém falecido) e eu respondi que havia jogado no lixo, ouvi suspiros, lamúrias e maldições... 
...E tudo isso me veio à mente porque resolvi assistir vídeos antigos do Duran Duran. Tipicamente anos 80, são o cúmulo da tosqueira, mas eu... Continuo gostando!